Alfabetização Emocional – o que é e quando trabalhar?

Alfabetização Emocional
Linguagem funcional x Alfabetização Emocional

Passamos anos na escola fazendo com que nossos alunos aprendam a ler, escrever, desenvolver seu vocabulário, comunicar-se e se expressar. Nesse conjunto de procedimentos, muitas vezes não nos preocupamos com o desenvolvimento de uma linguagem específica das emoções e dos sentimentos, ou seja, da Alfabetização Emocional.

O que é ensinado  é uma “linguagem funcional”, basicamente utilizada para ações e obter informações necessárias, no contexto do sujeito.

Assim, o aluno aprende a ler, escrever e se comunicar, porém não realiza com maestria a comunicação social, que inclui as emoções.

Visto que ele simplesmente não aprendeu essa linguagem e não possui recursos e vocabulário próprio para ela.

Então, quando perguntamos para uma criança ou adolescente: “o que foi?”, “o que está acontecendo?”, “o que está sentindo?”, na maioria das vezes a resposta é: Nada!!

Alfabetização Emocional

Essa criança ou esse adolescente não sabe dizer o que está acontecendo ou sentindo. Simplesmente por não possuir recursos, vocabulário ou palavras específicas que possam expressar suas emoções.

Isso tende a gerar as dificuldades sociais e emocionais, pois esse sujeito não sabe dizer o que está sentindo.

Pelos mesmos motivos, também não entenderá o que o outro sente, prejudicando assim o processo de empatia.

Processo esse que sabemos ser  tão vital nos relacionamentos interpessoais.

Causas e efeitos da falta de Alfabetização Emocional

Por não desenvolver e dominar uma linguagem emocional, já que não teve uma alfabetização emocional, esse sujeito terá dificuldades em perceber em si próprio as emoções (auto- conhecimento); sem reconhecê-las não terá como lidar com elas (administração das emoções); como não reconhece em si obviamente também não reconhecerá as emoções nas outras pessoas (falta de empatia) o que possivelmente o levará a não estabelecer metas e objetivos, pois não possui motivos para ação (motivação).

Todo esse conjunto prejudicará sua comunicação social, impedindo-o de se relacionar socialmente (capacidade de relacionamento).

Os cinco domínios apresentados por Goleman, referentes à inteligência emocional ficam comprometidos. Resultado da falta do alicerce que é a linguagem e a comunicação, ou seja, pela falta do processo de alfabetização emocional.

Segundo Cox:

[…] o aprendizado do uso da comunicação como veículo de expressão emocional contribui para o entendimento de que as palavras podem significar sentimentos ou funcionar como símbolos deles.

Naturalmente, as crianças não encaram as palavras sob esse aspecto, e ainda levarão muitos anos para entender que a linguagem é um sistema simbólico.

Mas, à medida que adquirem um vocabulário maior e mais específico no que diz respeito às emoções, as crianças certamente passam a apreciar as vantagens de ser capaz de se expressar com mais clareza. (2008, p. 57)

O que fazer para auxiliar no Equilíbrio emocional?

Precisamos, dessa forma, ajudar nossos alunos a encontrar as palavras necessárias para que possam melhor expressar suas emoções.

Devemos evitar a alexitimia, que segundo os especialistas é uma síndrome das pessoas que não possuem palavras para as emoções.

Resta-nos, portanto auxiliar no processo de alfabetização emocional de nossos alunos (e dos nossos filhos também). Importante destacar que quanto mais cedo isso começar, melhores resultados colheremos em termos de aprendizagem.

Prof. Dr. Nilbo Nogueira

Compartilhe agora este post em suas redes sociais e mostre aos seu seguidores o que você já leu.

Assista ao vídeo que trato do assunto Alfabetização Emocional:

Assista a videoaula de apresentação do curso: Alfabetização Emocional – Teoria e práticas em sala de aula.

Quer conhecer o curso sobre Alfabetização Emocional: Teoria e práticas em sala de aula. Clique aqui.


Como desenvolver a Inteligência Emocional do seu filho – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Design de Slides de Apresentação que motivam seu espectador – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Sistematização da ortografia – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Professor 3.0 – os desafios de ensinar na era digital – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Como criar um curso online? – Investimento para inscrição neste site R$ 19,90

Minicurso – Introdução a Montessori – Investimento para inscrição neste site R$ 54,99

Facebook para professores – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Minicurso: Empreender ensinando online – Curso gratuito.

Desenhe seu círculo dourado e transforme sua vida – Curso gratuito.

Como criar vídeo Time Lapse com seu smartphone – Curso Gratuito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *