Passo a passo dos projetos na Educação Infantil

projetos na educação infantil

Passo a passo dos projetos na Educação Infantil.

O passo a passo dos projetos na Educação Infantil é importante para focarmos em um objeto de aprendizagem e não tentarmos trabalhar com demasiados conteúdos. É importante também para termos uma sequência a ser seguida, sem correr o risco de atropelarmos fases.

Os passos iniciais dos projetos na Educação Infantil

O primeiro ponto a deixar claro é que o ideal do projeto é que ele seja de aprendizagem, ou seja, que parta do interesse dos alunos. Preferivelmente que ele não seja um projeto de ensino, onde o professor determina o tema, faz o planejamento e os alunos são os executores.

Leia mais sobre: Projetos de Ensino e Projetos de Aprendizagem

O segundo ponto é descobrir então quais são os interesses dos alunos. Verificando:

  • O que eles estão trazendo para a roda de conversa?
  • O que estão conversando entre eles?
  • Quais as perguntas que estão fazendo ultimamente e sobre qual tema?
  • Eles estão espontaneamente demonstrando algum tipo de interesse sobre um determinado tema?
  • Outros fatores que demonstre interesses ou necessidades.

Detectado o foco de interesse e/ou necessidades o próximo passo é descobrir se isto é apenas uma dúvida ou curiosidade momentânea.

Caso seja apenas uma dúvida ou curiosidade momentânea ao responder sobre ela o interesse tende a desaparecer. Porém, se percebermos que uma resposta trás a tona outras perguntas e mais outras, podemos perceber que ali existe sim uma necessidade/interesse ou uma curiosidade em aprender algo e que isto pode inclusive se transformar em um projeto.

Quando isso acontece, descobrimos o “tema” do projeto que emergiu dos próprios alunos.

De posse do “tema” (dúvida, interesse, problema, etc.) entramos no fase de descobrir o que eles já conhecem a respeito e o que querem saber/descobrir.

Normalmente dessa fase descobrimos quais são os problemas que serão respondidos por meio do projeto.

Esta passo é composto por muito questionamento tanto em conversar verbais como em expressões pictóricas, pois desenhando o aluno também diz o que sabe e o quais são suas dúvidas.

Leia sobre:  Os desenhos nos projetos de Reggio Emilia

Nesta fase, registre tudo (fotografe, filme, grave, etc.), as conversas, os desenhos, as perguntas, as respostas, etc., pois este material será essencial para posteriormente compararmos hipóteses iniciais, intermediárias e finais.

O material registrado também norteará o professor na elaboração de perguntas chaves, bem como na preparação de materiais e recursos a serem apresentados para as crianças, ou seja, é um material indispensável para o planejamento do professor.

Com este rico e farto material o professor já pode estabelecer os objetivos do projeto.

Leia sobre: Pedagogia dos Projetos: Como estabelecer objetivos?

Não pense que isto é uma questão apenas burocrática, pois ela é necessária. Quando não temos objetivos (intenções) qualquer coisa que for feita está bom, já que não esperávamos nada mesmo.

O planejamento dos projetos na Educação Infantil

O próximo passo será o planejamento do que os alunos já disseram que querem fazer/descobrir (estes dados estão em seus registros mencionados acima).

Obviamente que nos projetos na Educação Infantil os alunos não farão um planejamento estruturado por conta da idade. Porém, o planejamento é necessário e ele ocorrerá quando o professor fizer perguntas do tipo:

  • O que fazer?
  • Como fazer?
  • Quando fazer?
  • De que forma?
  • Quem pode ajudar?
  • Com qual material?

Conforme já forem respondendo as perguntas, mentalmente eles já vão se planejando.

Percebam, que se o professor não fizer estes questionamentos não haverá planejamento e consequentemente os alunos ficarão a deriva no transcorrer do projeto.

Pior ainda, quando os alunos não planejam, corremos o risco de o professor planejar por eles e cairemos no Projeto de Ensino.

A execução dos projetos na Educação Infantil

Tudo planejado?

Agora mãos à obra, o próximo passo é a execução onde tudo que foi planejado será realizado.

O professor é o facilitador neste momento e ajudará com recursos materiais, com informações, com conteúdos necessários, etc. Mas, também ele é o mediador, ou seja, quem provoca novos olhares, questiona, auxilia, faz novas perguntas, etc.

É bom lembrar que tudo deve ser conduzido para que os alunos sejam os pesquisadores e protagonistas da aquisição do conhecimento.

Não abandone seus alunos, mas também não forneça nada “de graça”, deixe-os descobrir.

Importante destacar que o planejamento realizado pelas crianças não deve e nem pode ser engessado. Durante a execução os percursos podem ser mudados se surgirem novos interesses.

O professor deverá sempre estar observando seus registros que foram realizados inicialmente, relembrando quais eram as perguntas e hipóteses iniciais dos alunos no início da discussão sobre o projeto.

Deve também estar alerta para questionar e demonstrar caminhos para novas descobertas e novos conhecimentos.

A depuração dos projetos na Educação Infantil

Paralelamente à execução o professor deverá questionar seus alunos sobre as descobertas e produtos criados.

Conforme o professor questiona, provoca um novo olhar (Ação – Reflexão – Ação) e o processo pode melhorar em qualidade, descobertas e conhecimentos.

É na depuração que o professor pode também descobrir interesses sobre novos e futuros projetos.

O ápice – a apresentação.

Realizadas as pesquisas, descoberto os interesses, criadas as hipóteses e  produtos e principalmente resolvido os problemas do projeto chegamos ao momento que muito adoram chamar de “culminância”.

Este passo é de extrema importância, pois depois de tanta pesquisa, descobertas e criações os alunos precisam apresentar seus resultados.

Não só pela questão do ego, mas principalmente para aprender mais e melhor, pois é no momento da apresentação que o sujeito mais aprende. É pensando em como apresentar, o que apresentar, que os alunos desenvolvem suas estruturas mentais.

Não foi ministrando nossas aulas que aprendemos a “dar aula”?

O mesmo acontecerá com os alunos na apresentação do projeto.

Portanto, nunca deixe de apresentar os projetos na Educação Infantil.

Avaliação.

Terminada a apresentação o próximo passo é a avaliação.

No caso dos alunos o professor questiona-os sobre o que fizeram, o que mais gostaram, o que descobriram, o que aprenderam, o que eles gostariam de fazer diferente, etc.

Já, o professor avalia o projeto por meio dos objetivos traçados inicialmente, ou seja, verifica se eles foram ou não atingidos.

Caso os objetivos não tenham sido atingidos o professor deverá utilizar de outras estratégias para atingi-los.

Considerações paralelas

Em paralelo aos passos descritos acima, alguns pontos merecem atenção e destaque, tais como:

  • Definido o tema do projeto, envolva os pais para que eles auxiliem seus filhos no processo de pesquisa e investigação. Solicite que eles ajudem seus filhos.
  • Crie um portifólio (melhor ainda se for um processofólio) para registro de todos os passos do projeto. Leia mais sobre: portifólio e processofolio.
  • Elabore uma boa apresentação convidando principalmente os pais, adultos envolvidos, comunidade, doscentes e discentes da escola. É importante para a criança perceber que todo seu trabalho/projeto está sendo apreciado por outras pessoas.
  • Cuidado com o excesso de conteúdos trabalhados no projeto, pois um volume muito grande de temas, assuntos e conteúdos pode fazer com que a criança não se aprofunde em nenhum deles. Eleja os conteúdos mais importantes a serem trabalhados.

Não encarem todos esses passos como um percurso “engessado” a ser cumprido com todo rigor, mas sim orientações sequenciais de como melhor trabalhar com os projetos na Educação Infantil.

Siga sua intuição pedagógica, altere onde for preciso, acrescente o que for necessário, mas tenha sempre em mente que os interesses devem ser dos alunos e não os seus.

Sucesso e boa sorte nos projetos.

Prof. Dr. Nilbo Nogueira.

Compartilhe agora este post em suas redes sociais e mostre aos seu seguidores o que você já leu.


Alfabetização Emocional: Teoria e prática em sala de aula – Investimento para inscrição neste site: R$ 19,99

omo desenvolver a Inteligência Emocional do seu filho – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Design de Slides de Apresentação que motivam seu espectador – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Sistematização da ortografia – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Professor 3.0 – os desafios de ensinar na era digital – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Como criar um curso online? – Investimento para inscrição neste site R$ 19,90

Minicurso – Introdução a Montessori – Investimento para inscrição neste site R$ 54,99

Facebook para professores – Investimento para inscrição neste site R$ 19,99

Minicurso: Empreender ensinando online – Curso gratuito.

Desenhe seu círculo dourado e transforme sua vida – Curso gratuito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *