Vantagens do trabalho com Projetos

Quais são as vantagens básicas em se trabalhar com a Pedagogia dos Projetos?

Em primeiro lugar gostaria de dizer que ensinar com projetos (Pedagogia dos Projetos)  é uma questão de opção pessoal de cada professor, que deve ter bem claro quais são suas reais intenções com este tipo de trabalho e quais são os objetivos esperados.

Particularmente gosto de falar de algumas vantagens em se trabalhar com projetos, tais como:

  • Além de privilegiar os conteúdos acadêmicos, já que está é a maior preocupação da maioria dos professores, o trabalho com projetos ainda pode possibilitar o desenvolvimento de várias habilidades e competências, que são fundamentais nos dias de hoje para que o sujeito integre-se plenamente na sociedade. Peguemos, por exemplo, um dos segmentos da sociedade que é o mercado de trabalho, onde se espera que os colaboradores possuam: criatividade, espírito de liderança, facilidade em se comunicar, boas relações interpessoais, um bom equilíbrio emocional, flexibilidade nas ações e decisões, facilidade em aceitar desafios, etc.

Todas estas competências dificilmente serão desenvolvidas se forem trabalhadas apenas de forma conceitual. Já em uma dinâmica com projetos, o foco de trabalho é o procedimental que ainda pode gerar o atitudinal, portanto teremos maiores chances de propiciar situações que auxiliem o aprendiz no desenvolvimento destas competências;

  • Outro fator importante a se destacar é a possibilidade de propiciar múltiplas interações ao aprendiz, que em um projeto interage com o objeto de conhecimento, com seus colegas, com a comunidade e com todas as situações do processo de construção do conhecimento. Possibilidades estas bem diferentes da passividade que presenciamos nos alunos quando estão sentados assistindo uma exposição de conteúdos meramente conceitual;
  • Com os projetos ainda temos uma possibilidade de mediar situações que envolvam a questão da interdisciplinaridade, tão importante para acabar com a fragmentação e compartimentação existentes nos processos educacionais mais formais;
  • E talvez a mais importante das vantagens é fazer com que o aluno lide (e aprenda) com a resolução de problemas, já que um projeto nasce de um problema emergente em sala de aula, na comunidade, na sociedade, etc.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *